Só o logotipo é o suficiente!

Percebo que é uma frase um tanto comum, principalmente por pessoas que estão empreendendo e que buscam um logotipo para representar a sua marca.


Mas preciso dizer que... não, só o logotipo NÃO é o suficiente.


As pessoas tendem a achar que a Identidade Visual se resume ao logotipo, mas ela vai além e engloba outros itens como por exemplo a paleta de cores, que não precisa necessariamente seguir somente as cores usadas no logotipo, inclui a tipografia da marca que também não significa que deve ser somente a fonte usada para criar o logotipo, além disso, temos os outros itens como elementos gráficos, formas, estampas, ilustrações, fotografias, texturas... É claro que o logotipo é importante, afinal de contas é um dos itens da Identidade Visual de uma marca, mas ele sozinho não vai causar o impacto que uma marca deseja.


Somente um conjunto de elementos visuais correlacionados podem trazer esse impacto que as marcas e empreendedores tanto almejam.


Toda Identidade Visual é construída com base no que a marca quer transmitir, qual é o nicho e principalmente qual é o público que ela quer atingir! Tudo é feito de forma minuciosa, com base em pesquisas para que o objetivo seja atingido.


Não adianta investir em um logotipo e esperar que a marca tenha o resultado e o reconhecimento que só uma Identidade Visual pode proporcionar.


Além da Identidade Visual ser extremamente importante para atrair o público desejado e mantê-lo fiel ela também serve para guiar o visual da empresa em todos os pontos de contato com o consumidor, mantendo assim um padrão na comunicação visual. Isso inclui os itens digitais da marca, como site, loja virtual, redes sociais, posts, e os itens offline e impressos como loja física, banners, placas, flyers, embalagens.... Uma infinidade de itens.


Hoje é muito fácil criar um logotipo, inclusive tem vários aplicativos gratuitos que fazem isso. É claro que tudo tem os prós e contras e nesse caso entendo que quando não se tem investimento é fato que muitas pessoas irão recorrer a essa forma, mas lá na frente os contras começam a aparecer como por exemplo, não possuir diferenciação, não possuir variações para poder usar a marca em diferentes formatos e materiais. Não possuir um padrão visual de comunicação, isso pode até mesmo acabar confundindo o cliente.


É importante buscar entender o quanto uma Identidade Visual está diretamente ligada ao profissionalismo da marca, credibilidade, até mesmo na percepção de valor que o cliente tem sobre a marca, a forma como se comunica visualmente reflete quem a marca é. Se ela é só mais um logotipo igual a tantos outros, como vai se destacar? conquistar seus clientes e se diferenciar no mercado?


Uma identidade visual bem elaborada de acordo com o propósito e o que a marca deseja transmitir e atrair de início pode até parecer um gasto, mas na verdade acaba se tornando um investimento para o seu negócio, e até digo mais, acaba sendo um investimento barato, pelo retorno que ela pode proporcionar, afinal de contas Identidade Visual é algo sério construído com uma base sólida, então não é algo que tem que ser feito uma vez por ano, é algo que você investe uma ou no máximo duas ou três vezes no seu negócio.


Essa reflexão e análise é super importante principalmente para quem está empreendendo e buscando o seu espaço.


Espero que o post possa ter ajudado de alguma maneira.


Abraços, Fê


;


4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo